segunda-feira, 6 de maio de 2013

35 Semanas - Ansiedade... Muita ansiedade!

Poxa, estamos quase lá! A partir da semana que vem o Pietro vai ser considerado "a termo", então estamos quase nos despedindo da prematuridade, graças a Deus!


Ele tem feito umas gracinhas interessantes, como deixar a mamãe e o papai loucos se perguntando que raios ele está fazendo na barriga, pois sobe caroços aqui, ali e acolá e não fazemos a menor ideia se é joelho ou pé rsrs.

Bem, segundo o meu último ultrassom ele está cefálico, ou seja, de cabeça pra baixo, e com as costas virada para o lado esquerdo do meu corpo e de frente para o meu lado direito do corpo, ou seja: ele está de conchinha *-*

Tenho me sentido muito incomodada com as contrações, que estão ficando mais chatinhas, mas nada preocupante. E tem horas que parece que ele vai desabar aqui em baixo, ele faz muita pressão! Quando soluça sinto que ele está baixo, pois sinto a cabeça dele bem no baixo-ventre, espero que ele já esteja encaixando (o que eu acho que já está acontecendo, pois a parte de cima da minha barriga não está firme como antes, ela está molinha e estranha rsrs.

Agora mesmo enquanto eu escrevo este post ele está fazendo o maior auê aqui dentro, e está dando umas fisgadas doloridas "lá embaixo"... Eita menino =)

Quando ao meu peso, estou muito contente, pois ele está gordinho e eu não estou mais engordando, muito pelo contrário, perdi 1kg! Não sei se é normal, mas estou com 74,8 sendo que mês passado estava com 1kg a mais.

O que me deixa mais contente é que consegui não engordar -tanto- pois nos primeiros meses eu engordei 6 quilos, pois parei de trabalhar, de malhar, ficava deitada o dia INTEIRO comendo neston, farinha láctea, sustagem... É aí não tem corpo que aguente essa mudança drástica, e para mim foi um susto, pois foram 6 quilos né! Mas ainda bem que nos seis meses seguintes eu consegui frear e manter o ganho de peso em 1kg por mês (sendo que nos 3 primeiros meses eu engordei 2kg por mês!)

Agora findando a gravidez com 12,5 kg mais "gorda" espero poder recuperar meu peso e minha forma física o mais rápido possível, pois é após o parto que perdemos mais peso devido à perda de líquidos, gordura e o próprio bebê. Além da amamentação que uma baita de uma aliada na perda de peso pós parto.




Colocado o papo em dia, agora vamos ver o que o BabyCenter tem a dizer desta vez:



Seu bebê está pesando por volta de 2,4 quilos, com 45 centímetros de comprimento. 
Olhando para sua barriga, é capaz de você conseguir distinguir, de vez em quando, o contorno de um cotovelo, um pé ou da cabeça. Daqui a pouco, como a parede do seu útero e do seu abdome fica cada vez mais fina e deixa passar mais luz, ele vai começar a ter ciclos de atividade durante o dia. 

Esta semana, os dois rins do seu bebê estão totalmente prontos. O fígado também já consegue processar substâncias de que o corpo não vai precisar. 

O volume de líquido amniótico diminuiu bastante, pois o bebê ocupa muito mais espaço dentro da barriga. O útero cresceu nada menos que mil vezes em relação ao tamanho original. Nesta fase você já deve ter engordado entre 11 e 14 quilos, e seu umbigo pode estar saltado e maior. 

Talvez você tenha falta de ar, porque o útero está próximo às costelas. Experimente ficar de quatro para conseguir respirar mais fundo. Mesmo que o peso do útero sobre a bexiga a faça ir ao banheiro sem parar, não reduza sua ingestão de água -- seu bebê precisa de bastante líquido. 

Uma boa idéia, contudo, é diminuir o consumo de bebidas diuréticas, como chá, café e refrigerante, que podem multiplicar sua vontade constante de fazer xixi. 

Logo seu médico deve pedir que você compareça a consultas semanais até o parto.

Fonte: Brasil BabyCenter

Nenhum comentário:

Postar um comentário